2014/08/03

No aeroporto de Newark

Este aeroporto é o único da área de Nova Iorque (e dos poucos nos EUA) com vôos para Lisboa. O português (europeu) é das línguas mais faladas neste aeroporto e na área que o circunda, como se pode comprovar pelo nome da empresa de limpeza. Não sei exatamente com que impressão é que um turista prestes a embarcar para Lisboa ficará ao ver isto; espero que seja a de que Lisboa é uma cidade limpa!



Adenda: como não poderia deixar de ser, é uma companhia que paga mal!

2014/08/02

Nova Iorque (3)



Este engarrafamento em Times Square deve-se a obras mais à frente na Broadway, para ampliarem o espaço pedonal e ciclável (algo que seria impensável há dez anos atrás). De resto a imagem fala por si, e mostra como é Nova Iorque hoje. Gostaria de ver aqui o sr. Carlos Barbosa, o tal que diz que para a Avenida da Liberdade em Lisboa só se pode ir de carro.

Nova Iorque (2)



Vejam bem para que serve uma bandeira portuguesa.

Nova Iorque (1)

Das coisas que sempre achei mais piada: as lojas que em Portugal são consideradas das mais sofisticadas, nos EUA comportam-se como hipermercados. Esta é um exemplo. Alguém conhece o tipo de clientes e empregados que tem em Portugal? Alguém imagina isto?





2014/08/01

Retratos dos EUA

Não vou dizer que na Europa um smartphone é um objeto de luxo, mas ainda é um objeto que, para a maioria das pessoas, requer (pelo menos) alguma reflexão ao comprar. Não é o mesmo que comprar um par de meias. E, estou certo, ainda é um objeto inacessível para grande parte das bolsas portuguesas, nomeadamente das classes mais baixas.
Nos EUA não se vê ninguém que não tenha um smartphone. Vi no elevador um empregado de limpeza, hispânico, de volta do seu, todo contente, enquanto empurrava um carro de limpeza carregado de lixo, baldes, vassouras e detergentes. A expressão "só na América!" aplica-se a estas situações. Mas não nos deixemos iludir: a vida dele não deixa de ser uma miséria.

2014/07/31

A word about our sponsor

As someone who firmly believes that global economy is a zero-sum game, of course in general I do not like millionaires. Still, I wish portuguese millionaires were like Jim Simons, providing funds for real research.

2014/07/29

Seguros e bicicletas

Entendamo-nos: um seguro obrigatório para ciclistas, como quer o ACP, seria para além de desnecessário único no mundo. Mas isto não significa que os ciclistas sejam uns irresponsáveis e queiram ser inimputáveis. As declarações do Mário Alves são incendiárias e darão azo a uma desnecessária revolta contra os ciclistas. Serenidade precisa-se. Dito isto, é importante compreender-se que os ciclistas não têm que ter as mesmas obrigações que os automobilistas.